segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

MAIS UM SUSPIRO e...

O que me fizeste tu?

(estou aqui apática)

E eu, que marca te deixei?

(tanta indiferença)

O que te disse que não devia? O que ficou por dizer?

(Diz-me! porque não param os suspiros?)

O que não querias que desse, e dei?

Sabes tão pouco de mim, como eu de ti?

Esqueceste as palavras que disse? Ou evitas o seu confronto?!!!

Podes correr e fugir, enquanto, eu simplesmente me escondo naquilo que sou... Atrás de cada riso e caricia trocada... cada afecto e roçar de mão. Foge enquanto aqui suspiro e pergunto:

O que me fizeste tu? E eu, o que te fiz?

Muitas vezes te olhei (Lembras-te?)! Apreciei com toda a paciência, calma e beleza de uma paixão, esse corpo desnudo a ninguém belo apenas a mim! Sabes em qual pedestal estás exposto? Não!!! Não sabes, nunca o teu olhar se elevou tanto!!! Idiota!!! Queres o meu sangue por momentos e, este insignificante liquido de células é todo, todo teu!!!

Como estamos "nós"? O que fizemos "nós"?

Contaminei a minha alma com o teu amor... como sobreviverei sem tal doce veneno?

Seguirei eu teus amargos passos? Ignorando os que me amam e vivendo com os amigos do momento. Não!!!

Continuarei enquanto o veneno me for tão "sabroso" como ainda é... continuarei enquanto a alma se preencher na capacidade de recordar. Viverei mais de mim sem dar tanto, a quem não quero dar... suspirarei e sofrerei por ti. Vou morrer sem o "nosso beijo", sei que não encontro igual... vou chorar pelo "nosso silêncio" e desesperar sem o "nosso toque"...

Afasto assim o meu corpo do teu(mesmo sentindo-te cada vez mais perto), nego-te os lábios(mesmo que para eternidade sejam teus), nego-te a alma (encurralada em todo o teu ser) e nego-te a amizade porque não és digno de tal... mesmo amando-te de uma forma dolorosamente insuportável!!!

mais um suspiro e... sigo só!

by NiNa

3 comentários:

Estrela Cadente disse...

Uau...super intenso! bj

Prisioneira de Sonhos disse...

tks!

***

Intermitências de Ecos disse...

Olha... ADOREI, minha Mosqueteira.
Sabes, senti... Senti estas palavras!