sábado, 16 de agosto de 2008

Sem palavras...


Fui seguida por meses infindos de silencio e uma pura ausencia de palavras. Procurei-te por todos os sitios que trocamos palavras e afectos e só na minha memória tive a capacidade de te reproduzir ... e agora posto este tempo fisicamente perante mim não te assemelhas nem tão pouco às imagens gravadas e por meses desejadas de repetição...


Se estas aqui?! Diz-me! Onde te perdes-te?!





3 comentários:

Secreta Mente disse...

Desculpa-me esta curiosidade... Mas as tuas palavras são fogo de vista ou acarretam sentimento, realidade?!
Intriga-me este teu canto! [bem sei porquê!] Só posso dizer que adoro!

:) **

Prisioneira de Sonhos disse...

(...)dizer mais seria dizer tudo.

Secreta Mente disse...

Melhor resposta não podia dar...

:)