terça-feira, 20 de janeiro de 2009

MOVIMENTO IMPROPRIO

MOVO-ME NESTA LOUCA INERCIA.
INERCIA QUE INSISTE E, INSISTE EM DETER-ME.
GRITO! PROCURO-ME, INSISTENTEMENTE!
PEÇO QUE MEU EGO PROSSIGA!
QUE NÃO SE ACANHE.
APENAS SIGO...
REVOLTADA, MIMADA,DESAPONTADA...
LUTO E INSISTO UMA VEZ MAIS...
PORQUE PRECISO APENAS DE RUMO...
QUERO! UM SIMPLES, MODESTO, MESMO QUE PEQUENO RUMO PRA SEGUIR.

NINA

3 comentários:

Poeta Eterno disse...

Portas fechadas,
Abrem janelas...

paradoXos disse...

a bússola está nas tuas mãos e nos passos que aparentemente descoordenados vão. belo texto - capaz de tocar qualquer pessoa - esse é o poder da poesia atingir os corações de quem sente igual!

beijão imenso, em ti!

Intermitências de Ecos disse...

Vectores... será que também não os vejo?! Eu preciso!... eu quero.