sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

A ti Pai... A tua Ausência é cada vez maior... quase 11 anos ainda me fazes tanta falta... :) o meu sorriso e os meus caracóis serão sempre só teus...

Guia-me!
(aparece no meu sonho hoje...preciso!)

miss you *

6 comentários:

Intermitências de Ecos disse...

Um dia gostaria de me lembrar do meu pai assim, com saudade, amor, amizade... Como tu. Mas "pai" é algo que não me diz muito, ou melhor, não me diz nada.

***

Prisioneira de Sonhos disse...

...nenhum dos sentimentos é bom...

indiferença e vazio nao deviam existir...

*** (minha mosketeira isto nao ta facil)

Intermitências de Ecos disse...

Acredito que não sejam!

Que tanto te perturba?! Ausência de um pai... Um amor difícil...
Que mais há aí dentro?! :)

Beijinhos *

a.menina disse...

Muito muito obrigada pelas palavras tão simpaticas que me deixou.
Não pense que é uma troca de galhardetes quando lhe digo que fiquei presa no seu blog.. o amor e a paixão com que se entrega a tudo sobre o que escreve é viciante.
Vou ficar atenta...

A forma como se recorda do seu pai é lindissima e fez-me lembrar o meu e ligar-lhe só para dizer que o amo.
Obrigada

Um beijo

Estrela Cadente disse...

Olá!Obrigada pela visita!E também por te teres tornado seguidora...vim cá cuscar e gostei bastante!!Quanto sentimento neste blogue!Curti!
E espero que o teu pai te tenha aparecido...
Ainda ontem estive com o meu...dou-lhe o valor devido...também me faz muita falta, especialmente para manter a minha sanidade mental...
Beijo grande.

Katia disse...

Simplesmente Lindo....n rexixti a komentar ... um amor inkondicional axim merece ser rekordado e lembrado smp....
amei
bjs bjs